Mulher pede "prova de amor" e marido é suspeito de matar amante

A investigação começou quando a família de Kelly pediu ajuda após seu desaparecimento.

Uma "prova de amor" levou o casal Carlos Antônio da Silva Veronez e Elisângela Vieira Laje a ser preso na última segunda-feira (5) em Resende, no Sul Fluminense. Os dois são acusados de matar a tiros a vizinha Kelly Pereira Soares, de 24 anos.

?Eles acabaram confessando que mataram Kelly porque ela era amante de Carlos. Foi uma jura de amor do marido em troca de uma reconciliação, depois que a esposa exigiu que ele desse cabo da vida da amante, que foi morta de forma cruel, com quatro tiros na nuca, ajoelhada?, contou o delegado Michel Floroschk, da 89ª DP (Resende).

A investigação começou quando a família de Kelly pediu ajuda após seu desaparecimento.

?Achamos estranho porque sua bolsa foi deixada, com cartão, dinheiro e documentos, o que é atípico num caso de sequestro-relâmpago ou extorsão mediante sequestro. A polícia foi investigar e viu o casal chegando em casa com um carro igual ao relatado pelas vítimas e sujos de barro. Pressionados, eles confessaram?, explicou o delegado.

Perguntados sobre o crime, Carlos e Elisângela não quiseram dar declarações.

Fonte: g1, www.g1.com.br