Mulher que aparece estrangulando filho em vídeo com ameaças é presa

O filho ficará com os avós.

Thays Caroline Chaves, 21 anos, que supostamente aparece estrangulando o próprio filho de 3 anos em dois vídeos que foram divulgados nesta semana na internet, foi presa preventivamente na madrugada desta terça-feira, 29, após prestar depoimento de 1h30min de duração, em Curitiba, no Paraná. Ela é acusada de crime de tortura contra criança.

Thais e o filho (Crédito: Divulgação )
Thais e o filho (Crédito: Divulgação )

O menino, que estava no colo da suspeita quando ela se apresentou à polícia, foi encaminhado a um abrigo provisório. A avó materna deve pedir guarda provisória.

Paulo Braz, pai do garoto, foi quem denunciou a ex. Ele afirmou à RPC TV que estava separado há um mês de Thays, e ela teria gravado os vídeos para ameaçar matar o filho dos dois caso ele não reatasse o relacionamento. Segundo ele, o vídeo foi enviado há cerca de 15 dias.

Paulo afirmou ainda que no último sábado, estava com o filho em casa quando Thays chegou acompanhada de dois homens, um deles armado, e levou o menino à força. Foi quando o pai do garoto resolveu compartilhar o vídeo com parentes, e as filmagens se tornaram virais em todo o país.

As imagens são chocantes e provocaram revolta em internautas. A criança aparece sendo esganada e fica sem ar enquanto chora durante a agressão. O advogado da mãe, Cleyson Landucci, afirma que os vídeos de agressão são montagens. "No primeiro vídeo, em que aparece só a mão, não é ela. Não sabemos quem é, a informação é que alguém fez uma montagem desse vídeo tentando denegrir ela. O segundo vídeo estamos investigando”, disse.

Vídeo (Imagens fortes): 


Fonte: Com informações do Portal Do Holanda