Mulher que atropelou e matou piauienses responderá em liberdade

Decisão da justiça.

A motorista Juliana Cristina da Silva, de 28 anos, responsável pelo atropelamento de dois funcionários que pintavam uma ciclofaixa na madrugada deste domingo (18), em São Paulo, responderá ao processo em liberdade.

A decisão é do juiz Paulo de Abreu Lorenzino, do Departamento de Inquéritos Policiais, e foi tomada em audiência de custódia na tarde desta segunda-feira (19), no Fórum da Barra Funda, na capital paulista.

Para responder ao processo em liberdade, Juliana terá de pagar uma fiança de 20 salários mínimos – pouco mais de R$ 15 mil – e comparecer ao fórum a cada dois meses. Além disso, ela entregará a carteira de habilitação e deverá comunicar à Justiça caso fique ausente da cidade por mais de 30 dias.

Juliana passará a noite desta segunda-feira na carceragem do 89º Distrito Policial e, com o pagamento da fiança, sairá nesta terça-feira (20). As duas vítimas eram naturais da cidade de Piripiri.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do G1