Mulher que vendeu virgindade da própria filha por R$ 50 se entrega

Mulher que vendeu virgindade da própria filha por R$ 50 se entrega

A mulher se apresentou na Delegacia de Ricardo de Albuquerque (31ª DP) e foi transferida para a DCAV

Jacira do Carmo Moreira, de 46 anos, se entregou à polícia na noite desta sexta-feira (29). Ela é suspeita de vender a virgindade da filha menor de idade por R$ 50. A mulher se apresentou na Delegacia de Ricardo de Albuquerque (31ª DP) e foi transferida para a DCAV (Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima), responsável pelas investigações.

Depois de vender a virgindade da menina, na época com 9 anos, Jacira teria continuado a prostituir a filha, que hoje tem 15. Na quinta (28), cinco homens foram presos suspeitos de manter relações sexuais com a menor de idade.

De acordo com a polícia, todos os abusos seriam permitidos pela mãe da vítima, que seria usuária de drogas, em troca de pequenas quantias em dinheiro. Algumas vezes, o pagamento pelos atos sexuais era feito com cocaína e bebidas alcoólicas. Dos oito filhos de Jacira, as três mulheres eram exploradas sexualmente, segundo a polícia.

Uma irmã mais velha da vítima percebeu os maus-tratos e resgatou a adolescente. A mãe responderá pelos crimes de estupro de vulnerável, exploração sexual, abandono intelectual, material e de incapaz, além de maus-tratos.

O delegado Marcelo Braga Lima diz que a denúncia chegou à polícia por meio do Disque 100 e do Conselho Tutelar.

Irmã confirma versão

Também nesta sexta-feira, uma outra filha de Jacira, de 12 anos, foi localizada em um abrigo e confirmou a versão da irmã sobre as atitudes da mãe. Ao ser questionada sobre se também sofreu abusos, a garota contou que um dos presos, Humberto Ricardo Marsico Morelli Alves, tentou assediá-la uma vez, quando ela entrava no banho.

Fonte: r7