Mulher reage a assaltos e divulga foto com as armas dos bandidos

Mulher reage a assaltos e divulga foto com as armas dos bandidos

O primeiro assalto ocorreu no centro da capital acreana, enquanto Andrea caminhava com seu filho.

Com uma foto postada no Facebook, a pedagoga Andrea Texeira, de 38 anos, mostrou as duas facas que capturou após duas tentativas de assalto, em Rio Branco. A agressão mais recente ocorreu na última segunda-feira (23).

O primeiro assalto ocorreu no centro da capital acreana, enquanto Andrea caminhava com seu filho. "O ladrão estava de bicicleta. Eu peguei o facão dele e ele saiu desesperado, porque eu virei para ele. Naquele momento, eu vi a vida do meu filho toda na minha cabeça", conta.

A segunda abordagem ocorreu no bairro Santo Afonso, na BR-364, local onde reside a mãe de Andrea. A vítima estava sozinha e conta que sempre costuma caminhar pela região, pois o filho estuda no mesmo bairro.

"Eu sempre venho orando e ele [assaltante] veio de bicicleta, por trás de mim, querendo o celular e o computador. E eu tentei imobilizar ele. "Bolei" com ele no chão para tentar tirar a faca. Foi quando eu gritei e o filho da vizinha ouviu e a gente botou ele para correr", explica Andrea.

Mesmo com o perigo, Andrea não se arrepende da reação às duas tentativas de assalto. Segundo ela, se não tivesse reagido, os bandidos poderiam tê-la matado.

"Eles estão acostumados a fazer isso. Estão tentando fazer com que a sociedade, as mulheres, se amedrontem. E quem vai ter que correr são eles, porque eu não vou mais me trancar dentro de casa com medo", diz.

De acordo com o coronel da Polícia Militar, José Anastácio, reagir a um assalto é sempre perigoso. "A recomendação da polícia e de todo especialista é que não se reaja, porque todas as tentativas resultam em prejuízo para a pessoa que reagiu", finalizou.

Fonte: G1