Mulher relata assédio no Piauí: "Dizia que eu não valia nada"

O caso aconetceu na cidade de Piripiri, a 164 km de Teresina.

Uma mulher residente  no município de Brasileira, a cerca de 222 km de Teresina, procurou uma Delegacia de Piripiri, cidade vizinha, para relatar que foi agredida, assediada e ameaçada dentro de um bar no último final de semana. 

Durante depoimento, Sônia de Moura Ferreira, 36 anos,  disse que foi agredida verbalmente por um homem de nome Borges Júnior. "Ele dizia que eu não valia nada e que, se quisesse, me 'comia' por R$ 5.000. Depois disse que pagaria R$ 1.000 para um outro homem que tava na roda me 'comesse'. Depois começou a dizer que tanto o pai dele como o tio tinham tido caso comigo. Ele ainda puxou meu cabelo e quem tava perto separou", afirmou.

Após o ocorrido, ela declarou que passou a sofrer constrangimento que acabou prejudicando membros de sua família, como o filho menor. "Meu filho não conseguiu ir para a escola com vergonha", relata. 

O acusado, que pediu para não ter sua imagem divulgada, negou todas as acusações e lamentou o episódio. Disse ainda que nunca se envolveu em confusão. 

Sônia de Moura Ferreira
Sônia de Moura Ferreira




Fonte: Portal Meio Norte/ Com informações do Piripirireporter