Mulher tem o corpo queimado após ser estuprada e torturada

A mulher tomava remédios controlados

Fabiana Maria de Moraes, de 32 anos, foi morta carbonizada após ser estuprada e torturada dentro de casa, no interior de Pernambuco. Os vizinhos ouviram gritos na casa da vítima. A mulher tomava remédios controlados e fazia acompanhamento psicológico.

A polícia ainda não tem informações do suspeito, mas algumas testemunhas afirmaram que viram o suspeito nu na sala da casa da vítima. Ele teria torturado Fabiana com uma panela de pressão e uma cadeira e antes de fugir colocou fogo na casa.

Fonte: Com informações do R7