Mulher tenta entrar em presídio com “baterias” de celular na vagina

Fernanda Maria Gomes, de 28 anos, foi presa em flagrante.

Uma mulher, identificada apenas como Maria Gomes, de 28 anos, foi presa após tentar entrar na Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo em Esperantina, a cerca de 190 km de Teresina, com baterias de celular dentro da vagina. O fato aconteceu durante o último final de semana.

De acordo com informações repassadas pelo Núcleo de  Inteligência do Presídio, o procedimento de vistoria de pessoas que entram no local, como Raio-X, detector de metais e vistoria in loco é feito com frequência e o fato ocorrido é corriqueiro. A mulher, que pretendia entregar a 'encomenda' para detentos, foi encaminhada para a 13ª Delegacia de Polícia, onde prestou esclarecimentos e foi liberada.

NO dia 16 de fevereiro, uma mulher, não identificada, tentou entrar na Casa de Custódia com três celulares e um carregador dentro da vagina. De acordo com informações de Kleiton Holanda, vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), o flagrante foi feito após agentes perceberam a mulher em atitude suspeita.

Maria Gomes
Maria Gomes






Fonte: Portal Meio Norte