Mulher violentada e assassinada pode ter sido vítima de vingança

Mulher violentada e assassinada pode ter sido vítima de vingança

O caso foi registrado na Delegacia de São Roque como latrocínio.

A família de Jéssica Alves, de 23 anos, que foi encontrada morta em São Roque, no interior de São Paulo, acredita que o crime tenha sido motivado por vingança. Para a polícia, trata-se de um latrocínio ? roubo seguido de morte.

Jéssica foi encontrada morta na manhã de sábado (17), nas margens de um campo de futebol. Há suspeita de que ela tenha sido vítima de abuso sexual, pois estava seminua. Além disso, a jovem tinha um ferimento na cabeça.

Segundo a polícia, a irmã da vítima contou que, na noite anterior, viu Jéssica conduzindo sua moto com um homem desconhecido na garupa. A testemunha afirmou que, pelas grandes diferenças físicas, não era o namorado de Jéssica.

O celular da jovem foi roubado e a motocicleta foi encontrada queimada, em outro bairro do município. O caso foi registrado na Delegacia de São Roque como latrocínio.

Apesar de o caso ter sido registrado como latrocínio, a família conta que a bolsa da jovem foi encontrada próxima ao corpo. A carteira estava com dinheiro e todos os documentos. Por conta disso, a família acredita que Jéssica não foi assassinada em um assalto, mas por vingança.

O corpo da jovem foi sepultado no domingo (18) no Cemitério da Paz, em São Roque. O homem que estava na garupa de Jéssica ainda não foi identificado, informou a polícia.

A jovem gostava muito de se divertir. Há dois meses, ela estava namorando sério e tinha planos de se casar. Jéssica também estava procurando emprego para poder ajudar em casa e a realizar seus sonhos.

Fonte: r7