Mulheres se prostituem em mangues do Nordeste a partir de R$ 5

Elas fazem programa nas piores condições de saúde pública

Um caso escandaloso de prostituição está sendo denunciado. Mulheres em condições desumanas se prostituem no Nordeste a partir de R$ 5.

Em Recife, capital de Pernambuco, meninas grávidas e mulheres de várias idades fazem programas nas piores condições de saúde pública, para consumir crack.

Algumas mulheres dizem que muitas vezes se prostituem sem usar preservativos correndo risco de contrair doenças graves e algumas vezes ficam grávias e têm  filhos de pais desconhecidos.

As mulheres ficam transtornadas com os efeitos da droga. Rayane, que está grávida, não come há dias. Um cliente enfurecido deixou cicatrizes em Paula após um programa e Regina fica acordada todas as noites devido ter contraído uma doença silenciosa.

Uma menina, idenficada apenas como Joana, sumiu há três meses do seio de sua família e os seus pais estão a sua procura, pois não têm notícias da filha.


Mulheres se prosituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prosituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prosituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prosituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prostituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prostituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prostituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prostituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prostituem em mangue do nordeste em condições desumanas
Mulheres se prostituem em mangue do nordeste em condições desumanas





Fonte: record