Músicos presos por estupro dizem que sexo foi consensual

Músicos presos por estupro dizem que sexo foi consensual

Nove integrantes de conjunto, além de um policial militar foram presos na madrugada de domingo.

Dois integrantes da banda de pagode envolvida no suposto estupro a duas adolescentes de 16 anos, no interior da Bahia, admitiram à polícia que transaram com as jovens, mas alegam que a relação foi consensual.

Nove integrantes de conjunto, além de um policial militar foram presos na madrugada de domingo, suspeitos estuprar as meninas dentro de um trio elétrico no município de Ruy Barbosa. O PM foi detido por suposta conivência com o crime.

Segundo a delegacia da cidade, as adolescentes disseram ter entrado no veículo para tirar fotos com os artistas, mas foram levadas ao banheiro do trio elétrico e teriam sido estupradas por dez homens. Em seguida, as jovens foram à delegacia prestar queixa, e a polícia foi até o trio elétrico deter os suspeitos.

Todos os envolvidos no caso fizeram exames de corpo de delito. "Imagino que até quarta-feira devemos ter um resultado para encaminhar ao perito do caso", disse o coordenador da Polícia Técnica de Feira de Santana, Renato Lacerda.

Fonte: Terra