Namorado da funkeira Mulher Filé é expulso da Polícia Militar após agredir jovem no Rio

Namorado da funkeira Mulher Filé é expulso da Polícia Militar após agredir jovem no Rio

Márcio Roberto Cunha é acusado de agredir o jovem Rorion de Moraes.

O namorado da funkeira Mulher Filé, o cabo da Polícia Militar Márcio Roberto Cunha Travessa Soares foi expulso da corporação nesta terça-feira (6). De acordo com a PM, ele e o cabo Alessandro Gomes de Souza "foram expulsos a bem da discplina". Eles são acusados de participar da agressão ao jovem Rorion Oyola Almeida de Moraes Correia.

O caso ocorreu em dezembro de 2011, na Boate Provisório, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. Rorion levou 16 pontos na cabeça, nove na pálpebra esquerda e perdeu seis dentes.

O desligamento de Márcio e Alessandro foi publicado, nesta quarta-feira (6), no Boletim Disciplinar Reservado, número 103, da Polícia Militar. Segundo a corporação, "os acusados adotaram conduta incompatível com suas condições de policiais militares".

O namorado da funkeira está preso no Batalhão Especial Prisional (BEP) desde domingo (3). Márcio Roberto foi preso depois de atirar várias vezes num posto de gasolina em Vicente de Carvalho, no subúrbio do Rio de Janeiro. Quatro carros estavam parados no local, no momento dos disparos.

No momento da prisão, o PM estava com mais de R$ 11 mil escondidos na cueca no momento da prisão. O dinheiro chegou a ficar retido com a polícia. No entanto, a funkeira Yani Simone, a Mulher Filé, conseguiu reaver a quantia após declarar à polícia que o dinheiro era o cachê de suas apresentações.

A Polícia Militar abriu um procedimento para apurar a conduta de Márcio.

Fonte: G1