Nilsinho guardava as roupas das vítimas de seus crimes no Piauí

Bonfim mostrou roupas (vestidos e shorts) das vítimas, que o acusado levava como lembrança dos delitos cometidos no Piauí

O delegado da Comissão Investigadora do Crime Organizado, Bonfim Filho, apresentou objetos apreendidos durante a operação que prendeu Nilson Feitosa, o Nilsinho, acusado de assassinar a estudante Tallyne Teles, realizada no Ceará. Bonfim mostrou roupas (vestidos e shorts) das vítimas, que o acusado levava como lembrança dos delitos cometidos no Piauí.

O delegado disse que a polícia apreendeu ainda um revólver calibre 38; uma pistola calibre 6.35; quatro telefones celulares, relógios, óculos para disfarces e outros objetos em poder de Michel Feitosa, sobrinho de Nilsinho.

Fonte: Portal Meio Norte, www.meionorte.com