Moradores dizem que ladrões roubam até livro infantil; veja

Relatos de moradores dão conta de que a insegurança vem causando inclusive o fechamento de lojas

Apavorados. É assim que os moradores do Residencial Esplanada estão vivendo. Por lá, furtos, arrombamentos e assaltos acontecem constantemente nas residências, escolas, paradas de ônibus e pontos comerciais.

Recentemente, a antiga sede do PPO (Posto de Policiamento Ostensivo) foi invadida. Parte do muro foi derrubada por bandidos para roubar a caminhonete que era de um vizinho, e que ficava guardada na sede. A associação de moradores vem sendo procurada pela população, que convive com o medo.

Relatos de moradores dão conta de que a insegurança vem causando inclusive o fechamento de lojas.

A dona de casa Eliane Maria foi roubada cinco vezes só este ano. ?Na primeira vez eu estava viajando, foi durante a Semana Santa. Eles entraram e levaram tudo o que podiam. A última foi na quinta feira passada. Eu estava limpando o esgoto na parte da frente de casa quando eles entraram pelos fundos, levaram um notebook, dois celulares e um carregador?, disse ela.

Sem a presença da polícia, nem mesmo a creche local escapou da ação dos ladrões. Um aparelho de som, outro de DVD, uma extensão elétrica e até mesmo livros infantis foram levados pelos bandidos. A suspeita é de que os ladrões tenham entrado por um buraco feito na janela de um dos banheiros da creche.

Uma moradora que não quis ser identificada afirmou que vai levar para o resto da vida o trauma de ter sido assaltada. ?Foi horrível. Aqui está todo mundo em pânico?, resumiu ela.

Acompanhe a matéria de Eugênia Reis:

Fonte: Dowglas Lima