Novos bafômetros em teste detectam embriaguez pelo ar

O positivo quer dizer que a pessoa está com o nível de álcool no sangue maior

A Polícia Militar de São Paulo começou, nessa quinta-feira, a realizar testes com oito novos bafômetros que captam a dosagem alcoólica pelo ar. O objetivo é ampliar o número de pessoas fiscalizadas em um menor tempo.

Chamados de "etilômetros passivo", esses bafômetros terão a função de constatar primeiramente quem está embriagado e quem não está. As palavras positivo e negativo podem aparecer conforme a quantidade detectada de álcool no ar. O policial precisa apenas aproximar o aparelho da pessoa.

O positivo quer dizer que a pessoa está com o nível de álcool no sangue maior que o permitido e o negativo significa que o motorista foi aprovado e pode seguir em frente. Os aparelhos são fabricados no Brasil e custam R$ 9 mil cada.

O Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) está usando oito etilometros capazes de detectar o álcool pela forma padrão, através da "baforada", ou pelo ar. "Caso esses aparelhos supram nossas necessidades, compraremos mais", disse o capitão do CPTran, Paulo Sérgio de Oliveira.

Fonte: Terra, www.terra.com.br