Número de mortes em acidentes de trânsito no Distrito Federal cai quase 4%

Quatrocentos e cinquenta pessoas perderam a vida no trânsito do DF em 2008

Quatrocentos e cinquenta pessoas perderam a vida no trânsito do Distrito Federal em 2008. A média é de 37,5 vítimas por mês, acima do que os estatísticos consideram aceitável para a frota de 1.046.638 veículos. O ideal é que a média mensal não ultrapasse 30 casos. Mas também há boas notícias.

O índice de mortos por grupo de 100 mil habitantes caiu de 19,2 em 2007 para 18,3 no ano passado. E o número total de vítimas em 2008 na comparação com 2007 (467 mortos) caiu 3,6% (veja arte).

A queda pode parecer pequena, mas, como lembra o diretor-geral do Departamento de Trânsito do DF (Detran), Jair Tedeschi, deve-se considerar que tanto a população quanto a frota de veículos aumentaram no último ano. ?Assim, a redução no total de mortes torna-se significativa?, disse ele.

Na avaliação do diretor, as 17 vidas poupadas ao longo do ano passado são resultado, em parte, da mudança na estratégia de fiscalização. Os meses de abril e dezembro chamaram a atenção. Abril bateu recorde de acidentes (47) e de mortes (56). Dezembro registrou os menores números desse tipo de ocorrência, 25 e 29 respectivamente, apesar das festas de fim ano, quando as estatísticas geralmente sobem em relação aos outros meses.

Fonte: Em Tempo Real