Portal meionorte.com BETA

MENU
••• atualizado em 21 de Agosto de 2012 às 12:52

Número de mulheres que acusam sargento de abuso chega a 21

PUBLICADO POR

Andre Nascimento


Repórter
Número de mulheres que acusam sargento de abuso chega a 21
Retrato falado ajudou na identificação do sargento Foto: Reprodução

Depois da confirmação de 16 pessoas que teriam sofrido abusos sexuais pelo sargento do Exército suspeito de vários crimes no Recife, outras cinco mulheres teriam se apresentado na Delegacia da Várzea, na segunda-feira (20), por também terem sido estupradas pelo militar. De acordo com informações da Polícia Civil, elas já prestaram depoimento e devem voltar à delegacia nesta terça (21) para reconhecer o agressor pessoalmente.

Segundo o delegado Frederico Cavalcanti, com as novas vítimas, os casos de abusos sexuais envolvendo o militar já passam de 20. "Não vi a relação completa ainda, mas já está em torno de 22 vítimas", contou. O sargento cometia os crimes havia 6 anos, em bairros da Zona Oeste do Recife, como Engenho do Meio, Cidade Universitária, Várzea, Cordeiro, Torrões e Iputinga.

De acordo com as investigações, o agressor também é supeito de roubo e por tentativa de homicídio. "Em todos os casos, é a mesma coisa, mesma forma de abordagem. Ele se aproximava em uma moto preta, anunciava um assalto, roubava e, depois, fazia as vítimas praticarem sexo. Quando uma vítima olhava para ele, ele agredia, batia", informou o delegado Frederico Cavalcanti. Uma mulher teria sido esfaqueada durante o abuso e teve o pulmão perfurado.

Entenda o caso

O militar de 40 anos está preso desde o dia 9 de agosto, quando chegou à Delegacia da Várzea para prestar queixa de um crime do qual disse ter sido vítima, em junho deste ano. Entretanto, os policiais o reconheceram, por ele ser muito parecido com o retrato falado feito a partir de informações de oito vítimas de violência sexual no Recife. Com o sargento, a polícia apreendeu uma moto, roupas, facas e luvas, que seriam utilizadas para praticar os crimes.

O sargento fazia parte do 10º Esquadrão de Cavalaria Mecanizada - um inquérito militar foi aberto para investigar o caso. Ele está detido no 14º Batalhão de Infantaria Motorizada, no bairro do Socorro, em Jaboatão dos Guararapes.

As investigações foram conduzidas pela Delegacia da Várzea e começaram há oito meses, quando os policiais apuravam casos de estupro ocorridos nos bairros da Zona Oeste. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela juíza Marylusia Pereira Feitosa Dias de Araújo, da 9ª Vara Criminal da Capital, no dia 27 de julho.

COMUNICAR ERRO

Comunique à Redação erros de português, informação ou técnicos encontrados nesta página:

  • Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente ao Portal Meio Norte
178417,noticias

Manchetes em destaque

ver todas as manchetes
Exibir em:

AKICOMPRO

Redes Sociais