Idoso mata esposa para acabar com seu sofrimento

Idoso mata esposa para acabar com seu sofrimento

Josefa Gomes, de 77 anos, desenvolveu a doença há seis anos e já não reconhecia a família

Henrique Gomes, de 78 anos, matou a esposa, Josefa Gomes, de 77, com um golpe no pescoço para poupá-la do sofrimento ocasionado pelo mal de Azheimer ? doença degenerativa e que não tem cura. Ele foi preso na em flagrante na casa da família, em Santo André, no ABC Paulista, suspeito de homicídio.

Vizinhos contam que não ouviram discussão e que ficaram sabendo do ocorrido apenas quando viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros chegaram no local. A família morava há muito tempo no mesmo endereço e todos os vizinhos conheciam o casal, como conta uma conhecida do casal que não quis se identificar

? [São] pessoas maravilhosas com os vizinhos. O seu Henrique é um homem muito calmo e educado.

Josefa e seu Henrique estavam casados há 54 anos. Em 2008, a idosa começou a apresentar sinais do mal de Alzheimer. A doença evoluiu e ela já não saía mais da cama e nem reconhecia a família. Era o marido quem cuidava da mulher.

Um filho do casal estava em casa quando a mãe foi morta. Foi para ele que seu Henrique disse:

? O sofrimento acabou

Henrique foi preso em flagrante por homicídio. Na delegacia confessou o crime e disse que a doença acabou com a vida da mulher e que não aguentava mais ver o sofrimento dela.

No boletim de ocorrência, o delegado ressaltou que o crime foi por um motivo de relevante valor moral. O filho contou às autoridades que o pai toma remédios e que também tem momentos de confusão mental. A Justiça ainda deve determinar o futuro de Henrique.

Fonte: r7