Oito vítimas fizeram reconhecimento do enfermeiro suspeito de estupro

Segundo o delegado Guilherme Antoniazzi, os abusos teriam ocorrido em novembro e dezembro do ano passado.

Ao menos oito vítimas já compareceram na delegacia e reconheceram o enfermeiro Ronaldo Augusto Ferreira de Souza, 42 anos, preso suspeito de abusar de pacientes dentro de um posto de saúde em Manaus, no Amazonas.

Duas vítimas denunciaram os primeiros casos. Segundo o delegado Guilherme Antoniazzi, os abusos teriam ocorrido em novembro e dezembro do ano passado. As vítimas disseram que foram dopadas e obrigadas a manter relações sexuais com o suspeito, uma adolescente de 14 anos e uma jovem de 26.

Depois disso mais jovens apareceram. O delegado informou que espera que mais pessoas procurem a delegacia.

Ele negou qualquer tipo de estupro. O resultado da perícia não foi divulgado porque uma das vítimas é menor de idade, o que faz com que o processo corra em segredo.

Fonte: r7