Onda de assaltos preoucupa em Imperatriz

Os comerciantes reclamam da ausência do policiamento ostensivo que desaparecem

A falta de policiamento ostensivo em pontos estrat?gicos de Imperatriz tem proporcionado liberdade a assaltantes, que deixam a popula??o em constante tens?o. Os assaltos na segunda maior cidade do Maranh?o est?o acontecendo todos os dias da semana. Os estabelecimentos comerciais s?o os mais visados.

S? na ?ltima sexta-feira, dois assaltos foram realizados, um deles a uma loja de departamentos no Setor Mercadinho. Tr?s elementos teriam chegado ao local conduzindo duas motocicletas. Entraram na loja como clientes e anunciaram o assalto, roubando 18 aparelhos de telefone celular e cerca de R$ 800,00. Na outra a??o, o alvo foi um cartor?rio da cidade. Dois elementos entraram no cart?rio e roubaram dinheiro.

Os comerciantes reclamam da aus?ncia do policiamento ostensivo, j? que as rondas policiais durante o dia desapareceram. No setor comercial, principalmente, n?o se v? viaturas ou policiais a p? realizando rondas por aquele setor.

Como os bandidos n?o v?em policiais, a coisa fica f?cil e eles roubam, d?o tiros, intimidam e deixam as pessoas em p?nico. Outro fato que vem chamando a aten??o ? que em Imperatriz a cada dia aumenta o n?mero de armas em circula??o. Em alguns casos, o bandido sai da cadeia num dia e no outro ele ? visto conduzindo motocicleta e armado promovendo assaltos.

H? uma semana, por exemplo, um bandido saiu da cadeia e foi amea?ar a pessoa que tinha sido v?tima dele, fato que causou a sua pris?o e a condena??o de 4 anos de reclus?o. O bandido cumpriu um ano e, depois que saiu em liberdade condicional, foi amea?ar a v?tima

Fonte: Imirante