Igreja já foi assaltada 8 vezes na zona Norte de Teresina

O major comentou que vários bairros de Teresina tem recebido câmeras de segurança, principalmente, avenidas comerciais movimentadas

No bairro Sao Joaquim, zona Sul de Teresina, uma onda de assaltos tem deixado a população alerta. até uma filial da Igreja Universal do Reino de Deus, localizada na região, foi assaltada oito vezes. Só de ontem para hoje, cinco lojas foram arrombadas no bairro.

O sorveteiro Aluísio Nonato conta que os bandidos se apresentam como se fossem clientes, e levam tudo. "A policia até que anda por aqui, mas nao continuamente", disse. Ele conta que os bandidos nunca usam armas brancas durante os assaltos, apenas armas de fogo. Na Avenida Rui Barbosa, área comercial de grande movimento no São Joaquim, o comerciante Tio Nelson conta que já foi assaltado quatro vezes. "Você trabalha, trabalha, e no fim do dia entrega tudo. Tem segurança quem vive trancado no seu comércio, gradeado", desabafa.


Onda de assaltos no bairro São Joaquim tem igreja 5 vezes

O major Jorge, assessor da Polícia Militar, disse que a área é guardada por viaturas do Ronda Cidadão e da PM, e também viaturas do RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), mas que o policiamento deve ser intensificado na região, principalmente com relação a motoqueiros. Segundo ele, é uma região vasta, e o 9° Batalhão, que cuida do bairro e outros na redondeza, vigia cerca de 120 mil habitantes.

O major comentou que vários bairros de Teresina tem recebido câmeras de segurança, principalmente, avenidas comerciais movimentadas, como é o caso da Rui Barbosa. "A região do São Joaquim deve ser logo contemplada com as câmeras", disse.


Onda de assaltos no bairro São Joaquim tem igreja 5 vezes

O delegado da Policia Civil, Jorge Ferreira, do 7° DP, comentou que é difícil prender ladrões de pequenos furtos, o chamado "ladrão de galinha". "Temos que analisar muito e usar o bom senso. As vezes não é o caso de mandar para a penitenciária, mas isso não o exime de responder pelo crime", afirmou o delegado. O delegado disse que quando entrou, em agosto do ano passado, sua preocupação maior era com homicídios, e que houveram quatro na primeira semana a frente da delegacia. Mas até agora, em 2013, não houve nenhum assassinato no bairro.

Fonte: Andrê Nascimento