Operação combate fraude de mais de R$ 1 mi contra o seguro-desemprego

Oito mandados de prisão foram cumpridas em São Paulo e no Ceará

Cerca de 40 policiais federais cumpriram oito mandados de busca e apreensão durante a Operação Reemissão nos municípios de São Paulo, Franco da Rocha, Juquitiba e Caieiras, na região metropolitana de São Paulo, e também em Juazeiro do Norte, no Ceará. A ação, ocorrida na segunda-feira, busca reprimir fraudes contra o programa de seguro-desemprego do governo federal. A estimativa do Ministério do Trabalho e Emprego é que a quadrilha possa ter causado prejuízo de mais de R$ 1 milhão.

A investigação começou a partir de comunicação feita à Polícia Federal pelo Ministério do Trabalho e Emprego informando que diversos agentes credenciados teriam fraudado o sistema de concessão de benefícios para obter liberação de seguro-desemprego ilegalmente. Segundo o que foi apurado, q quadrilha usava requerimentos de seguro já pagos e, a partir de uma sequência de alterações nos dados cadastrais, ludibriavam os sistemas de controle de forma a disponibilizar parcelas adicionais indevidas. Posteriormente, reemitiam essas parcelas em nomes de pessoas sem o seu conhecimento e sacavam em agências.

O valor total das fraudes está sob apuração, porém foi identificado que os envolvidos chegavam a sacar R$ 30 mil em um único dia. Os investigados responderão, na medida de suas participações, por estelionato, inserção de dados falsos em sistema de informações e lavagem de dinheiro, cujas penas máximas podem chegar a 10 anos de prisão.

Fonte: Terra