Operação da Polícia Militar prende 6 jovens acusados de homicídios em Fortaleza

O Conjunto São Miguel é uma das áreas de maiores índices de caso de assassinatos

Seis jovens, com idade entre 18 e 26 anos, foram presos, ontem pela manh?, durante uma opera??o desencadeada pelas pol?cias Civil e Militar, no Conjunto S?o Miguel, em Messejana. Cerca de 70 policiais estiveram envolvidos no trabalho, que foi coordenado pelo delegado Jairo Pequeno, diretor do Departamento de Pol?cia Especializada (DPE). Foram mobilizados 26 policiais civis, 32 policiais militares do Batalh?o do Choque, seis da Cavalaria e seis do grupo Raio.

?s 6 horas, as equipes de policiais foram ?s ruas do Conjunto S?o Miguel para cumprir 32 mandados de busca e apreens?o expedidos pela Justi?a. A maioria, contra adolescentes. Os seis rapazes presos j? passaram dos 18 anos, mas todos praticaram crimes ainda adolescentes. ?A Lei prev? que at? os 21 anos eles podem ser responsabilizados por estes crimes que praticaram ainda adolescentes?, explicou o delegado Tarc?sio Coelho, titular do 6? Distrito Policial (Messejana).

Xadrez

Foram presos, Francisco F?bio da Silva, 23; Andr? Barros, 26; Francisco Edson Costa Lima, 20; Jo?o Batista Teixeira, 18; Jos? Marques, 23 e Bruno Oliveira, 19.

Bruno ? acusado de um homic?dio quando era adolescente. ?Com o Andr? apreendemos pedras de crack?, destacou a delegada Rosicleide de Castro, que representava a Delegacia da Crian?a e do Adolescente (DCA) na opera??o.

Segundo a delegada, 38 jovens foram identificados como envolvidos em crimes na ?rea do S?o Miguel. ?Continuaremos com a opera??o at? que todos os mandados sejam cumpridos?, advertiu o delegado Jairo Pequeno.

O trabalho da PM foi comandado pelo capit?o Cavalcante, comandante do Grupo de A?es T?ticas Especiais (Gate). Durante o cumprimento dos mandados, tamb?m foram feitas abordagens a suspeitos. ?Muitas vezes, durante um trabalho como este, conseguimos flagrar algumas pessoas com drogas, como ocorreu desta vez, com a pris?o de Andr?, destacou o oficial.

O Conjunto S?o Miguel ? uma das ?reas de maiores ?ndices de caso de assassinatos na Grande Fortaleza. Pelo menos, 18 pessoas j? foram mortas, este ano, naquela comunidade. A disputa pelo comando do tr?fico de drogas na regi?o tem sido o motivo de tantos crimes.

Armados, os delinq?entes costumam trocar tiros nas ruas, becos e vielas da comunidade, ferindo pessoas inocentes e causando baixas de lado a lado entre as quadrilhas. A popula??o vive um terror. Por conta dos constantes tiroteios, a Pol?cia decidiu manter uma opera??o de ocupa??o constante ali para sufocar os bandos criminosos armados.

H? duas semanas, uma megaopera??o mobilizou mais de uma centena de policiais civis e militares nas ruas daquele bairro. Atrav?s dos setores de intelig?ncia, foram identificados os traficantes e homicidas que se escondem ali e, atrav?s de mandados de pris?o, eles come?aram a ser capturados. Mesmo assim, o clima de tens?o permanente permanece entre os moradores.

Fonte: Diário do Nordeste