Polícia faz uma operação para prender bando que invadiu fazenda e um morre

A ação buscava coibir a ação de uma quadrilha de assaltantes investigada de ter invadido a fazenda do presidente da Assembleia Legislativa

Um homem foi morto, na noite desta terça-feira, durante uma operação da 119ª DP (Rio Bonito). A ação buscava coibir a ação de uma quadrilha de assaltantes investigada de ter invadido a fazenda do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Paulo Melo. Aconteceu no distrito de Engenheiro Pedreira, em Japeri, onde os PMs identificaram um carro roubado.

Segundo a Polícia Civil, a quadrilha reagiu com disparos contra os policiais e houve uma troca de tiros. A operação teve apoio de agentes da 89ª DP (Resende) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE). O corpo ainda não foi identificado.

A Fazenda Itatiba, de Paulo Melo, foi invadida na madrugada do último domingo. Na segunda, o depoimento do funcionário de um sítio em Rio Bonito ajudou a polícia a identificar um dos invasores. A testemunha contou na 119ª DP (Rio Bonito) que dois homens sujos de lama assaltaram o sítio e contaram ter tentado invadir a fazenda do parlamentar. Após olhar fotos de suspeitos, o funcionário reconheceu um dos ladrões, que é da Cidade Alta, em Cordovil.

Fonte: Extra