Operação Paz nos bairros não tem data para acabar

A iniciativa da Polícia Militar pretende diminuir a violência através de ações intensivas de prevenção e repressão de crimes durante todo o dia

Desde o segundo semestre deste ano a Polícia Militar do Piauí, através do Ronda Cidadão e RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), deflagrou a operação intitulada de ?Paz nos bairros?, que visa reforçar o policiamento de Teresina durante os 3 turnos, através de ações de cunho preventivo e repressivo, contando com todos os processos do aparato de segurança disposto pelas instituições como viaturas, motocicletas, cavalaria e policiais a pé.

Segundo o coronel Alberto Menezes, comandante do Policiamento da Capital (CPC), a abordagem utilizada nas ações da operação se dá de diversos modos; um deles é através da realização de blitze, que objetivam melhorias à segurança no trânsito. ?Pela manhã, por exemplo, nós fazemos blitze, e ao redor delas trabalhamos com o patrulhamento.

Nas blitze as pessoas estão demostrando resistência, já que 90% não usam capacete, as motos não têm equipamento de segurança como retrovisor, além de os condutores não portarem carteira de habilitação ou serem menores?.

O coronel aponta também que o intuito da operação é garantir uma maior tranquilidade para a população, em relação a roubos e homicídios. Além disso, ele destaca que as áreas que estão recebendo a operação são selecionadas levando em consideração diversos fatores, como a atenção dada pela cobertura midiática.

?Mas também vamos a pedido da própria comunidade, através das associações de moradores, assim como também pelos próprios comandantes das unidades, que percebem que uma área ?X? está precisando de uma maior atenção, se tem um aumento no número de homicídios?, acrescenta.

Nesta semana, os policiais estão atuando na zona Sudeste da capital, na região do Alto da Ressurreição, área do 8º batalhão da Polícia Militar, ?o que não impede que o batalhão realize suas operações, e que realizemos outras operações pontuais.

O resultado está sendo o aumento da sensação de segurança desde segunda-feira, quando começamos lá, pois diminuiu a quantidade de roubos de motos e homicídios?, acrescenta o coronel.

Sobre a duração da operação ?Paz nos bairros?, o coronel do CPC assegura que ela se estenderá por tempo indeterminado, mudando apenas os locais das ações, ou podendo ter alteração associada à intitulação. ?Ela será permanente. Talvez mude o nome e algumas outras características?, finaliza.

Fonte: Wheryka Carvalho