Operação prende policiais envolvidos com caça-níqueis

Havia desconfiança de que eles faziam parte de uma quadrilha

Promotores do Ministério Público de São Paulo, procuradores da República e Polícia Federal realizam nesta terça-feira (31) uma operação no interior do estado para prender policiais envolvidos com quadrilhas de máquinas caça-níqueis.

Há um ano, os suspeitos eram investigados. Havia desconfiança de que eles faziam parte de uma quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis no interior de São Paulo. A operação começou na madrugada desta terça-feira.

Mais de 40 equipes da Polícia Federal estão cumprindo 33 mandados de prisão e outros de busca e apreensão. Entre os detidos, estão seis investigadores da Polícia Civil e um policial militar. Eles vão responder por formação de quadrilha e corrupção passiva, entre outros crimes. Há ainda três delegados da Polícia Civil acusados de participar do esquema.

Segundo o Ministério Público Estadual, as investigações começaram porque a Polícia Civil não estava combatendo a exploração ilegal de máquinas caça-níqueis na cidade de Jaú, a 287 quilômetros da capital, e adjacências. Ainda de acordo com o Ministério Público, foi descoberto que quatro grupos criminosos atuavam desde 2006 com respaldo de policiais civis e um policial militar.

Fonte: g1, www.g1.com.br