Outra pessoa teria usado computador de Mução para crime de pedofilia, diz advogado

Outra pessoa teria usado computador de Mução para crime de pedofilia, diz advogado

Ontem, o suspeito prestou depoimento na Polícia Federal.

O advogado de defesa do humorista Rodrigo Vieira Emerenciano, o Mução, informou que o envolvimento do radialista na divulgação de arquivos pornográficos envolvendo crianças e adolescentes deverá ser esclarecido nas próximas horas.

Em entrevista à rádio O POVO/CBN, o advogado Waldir Xavier disse que a Polícia Federal trabalha com a hipótese de que uma terceira pessoa tenha usado o computador do humorista para divulgar o material ilegal. Ontem, o suspeito prestou depoimento na Polícia Federal, segundo o advogado. "As diligências que estão acontecendo pela Polícia Federal agora pela manhã estão esclarecendo exatamente o que aconteceu", defendeu o advogado.

Xavier disse ainda que está providenciando uma medida liberatória para o humorista, que se encontra detido na Superintendência da Polícia Federal, em Fortaleza. A transferência do humorista para Recife, onde ocorrem as investigações, ainda não está descartada, conforme o advogado.

Mução foi preso na operação DirtyNet, da Polícia Federal, que investiga uma rede internacional de divulgação de pornografia infantil pela Internet. O humorista foi detido no apartamento onde está residindo há cerca de três meses na Capital, no bairro Meireles. Ele foi detido em cumprimento ao mandado de prisão temporário decretado pelo juiz federal da 13ª Vara Criminal de Pernambuco.

Caso a defesa não consiga soltura, a prisão temporária pode se estender por cinco dias, podendo ser prorrogada por mais cinco, caso as provas contra ele sejam contundentes.

Fonte: O Povo, www.opovo.com.br