Padeiro é suspeito de estuprar a própria enteada e duas vizinhas

Flávio Ermelindo Pereira Luciano foi denunciado pelas mães das vítimas por volta das 21h30 dessa quinta-feira (19).

Um padeiro, de 43 anos, é suspeito de estuprar a enteada, de 12, e duas vizinhas, de 7 e 10, no Aglomerado da Serra, região centro-sul de Belo Horizonte. Flávio Ermelindo Pereira Luciano foi denunciado pelas mães das vítimas por volta das 21h30 dessa quinta-feira (19). Elas aproveitaram que militares do 22º Batalhão da (PM) Polícia Militar faziam patrulhamento no beco Dona Alvina, onde vivem, e pediram ajuda.

De acordo com relatos das mulheres aos policiais, a enteada de Luciano contou para a mãe que é abusada por ele desde 2008 e que o último crime ocorreu nessa quarta-feira (18). Nessa data, o padeiro teria passado as mãos nas partes íntimas da adolescente. Já as crianças relataram que, também em datas anteriores, ele teria beijado a boca da de 7 anos e passado o órgão genital na de 10.

Ainda conforme as denunciantes, a vítima de 12 anos relatou que chegou a advertir o padrasto, que, assim que notou que ela ia contar tudo para a mãe, fugiu e não foi mais visto.

As três meninas foram encaminhadas ao HOB (Hospital Municipal Odilon Bherens), onde os médicos constataram que o hímen da vítima mais velha foi rompido.

O paradeiro do suspeito ainda é desconhecido, mas investigado pela Polícia Civil.

Fonte: r7