Padrasto é acusado de espancar garota

Padrasto é acusado de espancar garota

Fotos revelam marcas vermelhas nas costas, na parte detrás das pernas e em um dos braços dela

Uma menina de 4 anos foi encontrada trancada em casa com sinais de espancamento em várias partes do corpo. Foram duas vizinhas que acharam a criança em um quarto escuro no Bairro de São João, em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos.

Fotos revelam marcas vermelhas nas costas, na parte detrás das pernas e em um dos braços dela, que foi encontrada ajoelhada de frente para a parede.

?Ela estava com as costas muito machucadas mesmo. Teve gente que passou mal. Uma pessoa saiu daqui chorando. Estava terrível?, disse uma vizinha.

De acordo com os moradores, a família se mudou da Paraíba há pouco mais de um mês para São Pedro da Aldeia. Ainda segundo eles, a menina era a única que passava boa parte do dia sozinha em casa. Na manhã de terça-feira (8), assim que o padrasto e a mãe dela saíram de casa, duas vizinhas decidiram investigar.

A vizinha Janaína Maria de Mello foi quem encontrou a criança trancada em um quarto escuro, e contou como foi.

"A mãe foi ter nenê e a menina estava em casa. No momento que ela me olhou, eu virei assim ?Deus, tende piedade?".

A criança foi levada por policiais militares para a delegacia, e no local contou que sofria agressões do padrasto. Marcos Estevão Benevides foi preso na casa de um amigo na terça-feira.

A criança passou por exames médicos e de corpo de delito e ficou sob a responsabilidade do Conselho Tutelar do município.

"A gente vai estar procurando um responsável, e se não tiver um responsável, a gente vai estar abrigando essa criança até que tudo seja resolvido em juízo?, disse Márcia Amaral do Conselho Tutelar

O padrasto vai responder pelo crime de tortura. A mãe também pode ser indiciada por omissão.

Fonte: g1, www.g1.com.br