Padrasto é preso após menina de um ano morrer por traumatismo craniano

Médico desconfiou de história contada por jovem de que a criança caiu de tanque

Um jovem de 18 anos foi preso em flagrante suspeito de colaborar com a morte de uma menina de um ano e seis meses em Goiânia (GO).


Padrasto  preso ap menina de um ano morrer por traumatismo craniano em GO

Segundo a polícia, o rapaz levou a criança ao hospital e disse que ela havia caído de um tanque e bateu a cabeça. Desconfiado, o médico chamou a polícia. A garota morreu depois de um dia de internação por traumatismo craniano, seguido de uma parada cardiorespiratória.

A mãe da menina tem 16 anos e deixou a crianças aos cuidados do padrasto por algumas horas. Segundo o delegado Ronaldo Leite, que investiga o caso, a adolescente também foi detida. Ele disse que se os responsáveis não agrediram a criança, mesmo assim praticaram abandono de incapaz, por isso ela caiu. O corpo da menina foi sepultado no último domingo (27).

Fonte: r7