Padrasto é preso suspeito de torturar enteado até a morte em bacia d"água

Segundo a polícia, o acusado colocou Nicolas Miguel de Oliveira de castigo, numa bacia com água

Um homem foi preso por policiais da 43ª DP (Guaratiba), na noite desta terça-feira, suspeito de torturar até a morte o enteado, de apenas 1 anos e 10 meses. O crime aconteceu em 13 de março deste ano. Segundo os investigadores, Everaldo Gomes dos Santos, de 29 anos, colocou Nicolas Miguel de Oliveira de castigo, numa bacia com água. Em seguida, o homem estrangulou a criança.

Ainda de acordo com os agentes, após perceber que o menino estava morto, Everaldo o colocou na cama, como se estivesse dormindo. O suspeito foi preso na casa na casa de parentes, em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio.

Fonte: Extra