Padrasto foge após jogar soda cáustica em rosto de enteada

Padrasto foge após jogar soda cáustica em rosto de enteada

Mãe contou que o homem é agressivo que já fez várias denúncias contra ele.

Uma menina de quatro anos teve o rosto queimado após ser atingida por soda cáustica por volta das 7h30 desta quarta-feira (15), em Paranavaí, no noroeste do Paraná. De acordo com a Polícia Militar (PM), o padrasto da criança é suspeito de ter jogado o produto. A esposa dele Patrícia Silvério também foi atingida no abdômem e nas costas. As duas foram levadas para a Santa Casa. A menina teve queimaduras de segundo grau e a mulher, de primeiro.

Patrícia Silvério disse ao G1 que o alvo da queimadura era ela e que tudo aconteceu por causa de um litro de leite. "Eu saí bem cedo pra ir na padaria e, como estava de bicicleta, acabei demorando um pouco. Quando voltei, ele começou a me xingar e queria saber porque eu demorei. Quando eu respondi que foi porque a padaria estava fechada e eu estava de bicicleta, ele se revoltou, pegou a soda que eu uso para fazer sabão e tentou jogar em mim. Minha filha estava perto e acabou sendo atingida primeiro".

A mãe disse ainda que ficou sem ação e que só pensou em entrar na frente da criança para impedir que ele a queimasse mais ainda "E tentei revidar e acabei sendo atingida também. Ele também ficou ferido com o produto". Após o ocorrido, o homem fugiu e até as 12h não havia sido encontrado pela polícia.

O casal morava junto há cinco anos e Patrícia afirmou que essa não foi a primeira vez que ele a agrediu. "Eu já fiz várias denúncias contra ele na delegacia da mulher e, por várias vezes, acabei retirando a queixa. Mas desta vez vai ser diferente, a menina não tem culpa de nada (...), quero que ele pague pelo que fez", relatou a mãe.

Fonte: G1