Padre de 44 anos é encontrado morto dentro de casa paroquial no Goiás

O corpo foi localizado na quinta-feira (12), dentro do quarto que fica na casa paroquial.

Um padre de 44 anos foi encontrado morto em Pontalina, a 114 km de Goiânia. Paulista de São Bento do Sapucaí, Guilherme Aparecido Silva estava na cidade há dois anos e meio e era responsável pela Igreja Santa Rita de Cássia.

O corpo foi localizado na quinta-feira (12), dentro do quarto que fica na casa paroquial. A Polícia Civil está investigando o caso. De acordo com o delegado responsável pela apuração, Fabiano Jacomelis, algumas testemunhas já foram ouvidas e disseram ter escutado o padre pedir socorro antes de morrer.

"A polícia vai instaurar inquérito policial para tentar verificar todas as hipóteses e esclarecer qual foi o motivo que levou a esse evento?, informou Jacomelis.

A notícia da morte pegou vários fiéis e moradores da cidade de surpresa. "A gente não sabe como aconteceu. Surpreendeu todo mundo, era uma pessoa muito boa. Vamos esperar para ver o que vai acontecer", disse o aposentado José Ferreira.

O padre José Luiz de Castro, administrador da Diocese de Itumbiara, responsável por Pontalina, também lamentou o fato. "Para nós é um momento difícil. Mas esse é o tempo do advento. Nós anunciamos a esperança. A morte não é o fim do caminho, mas é começo da vida nova?.

Fonte: G1