Pai alega ter problemas mentais para estuprar filha de 12 anos

A família só descobriu o abuso após a garota começar a sentir dores abdominais.

Mais um caso de violência sexual foi registrado no município de Barbalha, na Região do Cariri. Desta vez uma garota de 12 anos era violentada há 10 meses pelo próprio pai, Cícero Herculano dos Santos Silva, de 33 anos.



A família só descobriu o abuso após a garota começar a sentir dores abdominais. Ao ser questionada sobre os sintomas, a vítima contou para a tia que o pai a ameaçava de morte caso ela não fizesse sexo com ele.

Após a confissão, a adolescente foi levada ao hospital, passou por exames e o abuso foi constatado. A família denunciou o caso e o acusado foi preso. Cícero disse à polícia que possuía problemas mentais e que não lembrava de ter abusado da própria filha. Entretanto, logo depois confessou que cometeu o ato em um momento de fraqueza.

Fonte: jangadeiroonline.com.br