Pai atropela e mata filha de 1 ano

A comerciante Zenilda Santos passava de carro e parou para socorrer a criança

Um pai atropelou e matou a filha de um ano e sete meses em Araras, a 168 km de São Paulo. A menina passou por um portão e a carreta estava estacionada em frente a sua casa. O homem não viu a menina e ao sair passou com o veículo sobre a filha. Ao perceber o que aconteceu, ele ficou desesperado.

A comerciante Zenilda Santos passava de carro e parou para socorrer a criança. No caminho ao hospital, o pai afirmou, segundo a comerciante: "Calma que a criança está respirando". A menina, porém, não resistiu e morreu no caminho.

O pai não foi preso. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar as causas e a responsabilidade pela morte da criança. Nos próximos dias, ouvirá testemunhas. ?Foi uma fatalidade. Certamente ocorreu algo que contribuiu ou causar essa fatalidade?, disse o delegado Fernando Gonçalves Sales.

Acidentes

Em outro acidente, um adolescente morreu e outros dois ficaram feridos após colisão envolvendo o carro em que estavam em São Roque, a 66 km de São Paulo. O veículo era dirigido por um dos jovens.

Em Euclides da Cunha Paulista, a 702 km da capital, uma família paulistana morreu em um grave acidente. O carro em que as quatro pessoas estavam bateu de frente contra uma carreta carregada de areia. O motorista do caminhão nada sofreu.

Fonte: g1, www.g1.com.br