Pai confessa que tentou matar filho com leite envenenado

O pai da criança foi até o local e a polícia constatou que havia uma nota fiscal dentro do seu veículo

Um comerciário confessou à Brigada Militar (BM), a polícia do RS, que tentou matar o próprio filho no último sábado em Ivoti, cidade do interior gaúcho. Segundo a BM, o homem disse que misturou produtos químicos no leite e injetou com uma seringa o líquido na criança de 1 ano. Os produtos foram encontrados pela polícia em uma lixeira.

Conforme a BM, uma conselheira tutelar ligou para informar que havia uma criança envenenada no Hospital Dia da Unimed, em Novo Hamburgo (região metropolitana de Porto Alegre). Através de um exame, foi constatado que o bebê ingeriu produto químico juntamente com o leite.

O pai da criança foi até o local e a polícia constatou que havia uma nota fiscal dentro do seu veículo comprovando que ele comprou uma seringa em uma farmácia. Ele acabou confessando, segundo a BM, que tentou matar o filho porque não aceitava a separação da mãe do bebê. Após prestar depoimento, o comerciário foi liberado, pois a delegada plantonista afirmou que não havia como fazer a prisão em flagrante. Ele deve ser indiciado por tentativa de homicídio. A criança foi tratada e recebeu alta na noite de domingo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br