Pai confessa ter matado bebê de seis meses por espancamento

Pai confessa ter matado bebê de seis meses por espancamento

Na primeira versão, o homem afirmou que a criança tinha caído durante o banho

O pai de um bebê de seis meses confessou ter matado o menino em Belo Horizonte. Depois de espancar o filho, o homem disse que a criança tinha caído durante o banho.

Na saída do Departamento de Investigações, Ivanir Alves, a mãe do garoto, não conseguiu segurar a emoção. Foram mais de 14 horas de depoimento até descobrir a verdade.

— Ele confessou que matou o menino. A madrasta sabia e não quis falar.

Fernando Henrique Ferreira dos Santos foi levado ao hospital na última terça-feira (2). Na unidade, o pai disse aos médicos que o bebê tinha caído da banheira na noite anterior. O menino foi internado em coma e respirava com a ajuda de aparelhos. Ele não resistiu e morreu na madrugada dessa quinta-feira (4).

No hospital, os médicos desconfiaram da versão do pai e descobriram que as lesões não seriam de uma queda e sim de agressões. O laudo do IML confirmou as suspeitas. Segundo a polícia, o bebê foi espancado e teve traumatismo craniano. O motivo das agressões ainda é um mistério.

De acordo com a mãe, o garoto já tinha sido agredido pelo pai há dois meses. Na época, o homem disse que ele tinha caído da cama. — Ele chegou lá em casa com o pescoço todo marcado.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no facebook



Fonte: R7