Pai da criança no MA teve ajuda de mãe-de-santo

Mãe-de-santo deve prestar esclarecimentos à polícia

 A Polícia Civil de São Vicente Férrer passou a tarde ouvindo Francisco Coelho, o pai da criança que tem cinco agulhas na região da barriga. Segundo o delegado Armando Pacheco que investiga o caso, Francisco estaria ameaçando testemunhas. Por isso foi ele preso.

A prisão é temporária, ou seja, vale por cinco dias, mas se o delegado precisar de mais tempo ele pode fazer um novo pedido à justiça e Francisco permanece preso. A polícia acredita que ele não tenha cometido o crime isso sozinho.

Durante depoimento ele negou participação em rituais de bruxaria. Ainda segundo o delegado, os pais, os avós, e os vizinhos da criança serão ouvidos na segunda-feira. A polícia quer ouvir também uma vereadora que trabalha como mãe-de-santo e que teria atendido a criança e prometido retirar as agulhas do corpo do menino.

Fonte: Imirante