Pai de menino do MA sequestrado faz apelo por notícias do filho

Pai de menino do MA sequestrado faz apelo por notícias do filho

Família concedeu entrevista coletiva para pedir a elucidação do caso

Jurandir Mellado, pai de Pedro Paulo, menino que foi sequestrado em Imperatriz na última quarta-feira (27), concedeu uma entrevista coletiva, em sua residência, na manhã desta terça-feira (3) para falar sobre o caso.

Seis dias após o sequestro do filho, Jurandir afirmou que a família não está recebendo informações da polícia sobre a investigação. O pai do menino falou, também, que espera que os sequestradores entrem em contato para negociar.

"Quero o meu filho de volta e que eles façam bom proveito do resgate. Quero ouvir a voz dele, preciso dessa prova. A polícia não passa informação pra gente, eles não precisam da nossa autorização para investigar. Não quero prisão de ninguém, quero meu filho de volta", afirmou.

Jurandir Mellado falou, ainda, sobre a divulgação do caso em nível nacional e descartou a hipótese de vingança. "Quando sai a nível nacional é muito bom, porque a gente não sabe aonde ele está e isso ajuda a divulgar. A família não tem inimigos e não temos dívida", esclareceu.

O pai da criança reafirmou que os sequestradores ainda não entraram em contato com a família para pedir resgate. " Não entraram em contato, o que existem são trotes. Eu preciso de uma prova real de vida do meu filho, nossa intenção é pagar o resgate, quero acabar logo com esse pesadelo. Eu não sei se ele está morto ou não, isso é uma coisa dura de falar, mas eu preciso falar com ele, preciso dessa prova real", finalizou.

A família já fez diversos apelos para que quem possa ter visto o menino denuncie à polícia e para que os sequestradores entrem em contato com a família. Segundo a polícia, uma equipe de São Luís, especializada em sequestro, foi enviada para auxiliar nas investigações.

O menino foi sequestrado na porta de casa, no Centro de Imperatriz, na última quarta. De acordo com testemunhas, dois homens fugiram em uma caminhonete de cor preta, que seria de propriedade da família da criança. Na fuga, a babá também acabou sendo levada com refém. Todos seguiram em direção ao estado do Tocantins e a babá foi abandonada perto da ponte que divide os dois Estados.


Pai de menino sequestrado faz apelo para ter notícias do filho

Já o veículo utilizado pelos sequestradores na fuga foi encontrado em Sítio Novo do Tocantins, a aproximadamente 20 km de Imperatriz. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), seis especialistas em sequestro foram mandados de São Luís para Imperatriz, para que ajudem na resolução do caso.

Fonte: G1