Pai de Santo é preso acusado de formação de quadrilha e extorsão

Pai Bruno prometia "trazer o amor de volta em três horas".

Edmar Santos de Araújo, o Pai Bruno da Pombagira, de 27 anos, foi preso na madrugada de quarta-feira depois de tentar extorquir R$ 2 mil de um gerente de farmácia de 30 anos, morador do Arpoador, na Zona Sul. A vítima procurou Pai Bruno para retomar um relacionamento amoroso. Em anúncio, Pai Bruno prometia "trazer o amor de volta em três horas".


Pai de Santo é preso acusado de formação de quadrilha e extorsão

"O pai de santo cobrou R$ 300. Três horas depois, pediu mais R$ 700, pagos a um motoboy que fazia parte da quadrilha. No dia seguinte, na terça-feira, ligou várias vezes para a vítima exigindo mais R$ 950 e dizendo que o Diabo queria mais e ia matar o rapaz se ele não pagasse. A vítima nos procurou e prendemos o motoboy. Através dele, chegamos também a Edmar, preso na casa dele em Nilópolis (Baixada Fluminense), de onde ele ainda tentava extorquir a vítima", explicou a delegada da 14ª DP (Leblon), Flávia Monteiro de Barros.

O motoboy, Alex Alberto de Souza, 26, responderá por extorsão e formação de quadrilha, assim como Edmar. Duas secretárias que trabalhavam com o criminoso, cobrando vítimas por telefone também foram indiciadas. "Encontramos mais dois registros contra ele em casos semelhantes, um em Niterói e outro em Comendador Soares. Acho pouco. As pessoas enganadas desse jeito têm muita vergonha de denunciar. Vamos ver se, com a prisão dele, aparecem mais vítimas", comentou a delegada.

Fonte: ODIAONLINE