Pai é acusado de estuprar três filhas durante quase 20 anos

Duas, 22 e 29 anos, engravidaram e foram forçadas ao aborto.

A polícia prendeu na terça-feira, dia 11, um pedreiro, de 47 anos, que passou vinte anos estuprando suas filhas no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus, no estado do Amazonas. A prisão foi possível graças a denúncia de uma das vítimas, uma pedagoga de 25 anos. 

A pedagoga confessou que não suportava mais o comportamento do pai que abusou dela recentemente e o denunciou à polícia. O absurdo acontecia há vinte anos, segundo a  Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher.    mas a mãe das vítimas jamais procurou a polícia por temer o caráter violento do pedreiro.

Outras filhas, de 22 e 29 anos, chegaram a engravidar, mas foram forçadas ao aborto pelo pai que, agora, será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória na BR-174. Em depoimento à polícia, o pedreiro classificou de “leseira” seus atos criminosos. 


Fonte: Portaldoholanda