Pai e mãe são baleados na frente do filho

O homem morreu e a mulher está internada em estado grave

A mulher que foi baleada na madrugada desta sexta-feira (18), no bairro do Socorro, na Zona Sul de São Paulo, levava R$ 50 mil na bolsa, de acordo com a polícia. Ela e o marido foram atingidos. O homem morreu e a mulher está internada em estado grave. O filho de 11 anos do casal viu tudo.

A família estava a apenas um quarteirão de casa. No carro estavam Joseli Mendes e o filho. O marido dela, Josenílson de Machado, seguia em uma moto, poucos metros à frente. Quando os criminosos pararam o carro, Josenílson voltou para ajudar a mulher e o filho. Ela foi baleada nas costas e o marido, na cabeça e no peito.

Joseli já estava fora do carro quando levou os dois tiros nas costas. A polícia ainda não sabe se ela desceu do carro para reagir ao assalto ou para proteger o filho que estava no banco de trás. Ela foi levada para o hospital em estado grave. Segundo os médicos que prestaram os primeiros socorros, Joseli está grávida.

Josenílson morreu no hospital. Joseli foi operada durante a madrugada. O estado de saúde dela é grave. Os assaltantes fugiram levando a bolsa da mulher.

A família é dona de um restaurante e voltava para casa em veículos separados. Segundo testemunhas, um dos motoqueiros pediu a bolsa da mulher. O garoto entregou a bolsa e o ladrão já estava saindo quando o pai voltou e começou a brigar com o criminoso.

Para a polícia, o fato de o casal estar em veículos separados pode indicar uma estratégia de segurança da família. Essa não foi a primeira vez que a família foi vítima de assaltantes. Segundo os funcionários do prédio onde eles moravam, há quatro meses o empresário foi abordado por criminosos bem perto do condomínio. Os seguranças viram o que estava acontecendo e evitaram o assalto. A polícia já ouviu testemunhas. O local vai passar por perícia. O delegado Nilton Montoro diz que as vítimas não devem reagir.

Fonte: g1, www.g1.com.br