Pai é suspeito de matar filho de apenas 5 meses com dois socos

Pai é suspeito de matar filho de apenas 5 meses com dois socos

Caique da Silva Muniz era o primeiro filho de Luana Braulino e Luciano da Silva Muniz, ambos de 24 anos

Um homem foi preso suspeito de matar o próprio filho de cinco meses na zona norte do Rio. Na Delegacia da Penha (22ª DP), ele confessou ter dado dois socos na criança porque teria tomado um susto ao acordar.

Caique da Silva Muniz era o primeiro filho de Luana Braulino e Luciano da Silva Muniz, ambos de 24 anos. A comerciante conta que, quando saiu do banho, foi surpreendida pelo marido que pedia ajuda porque o filho teria se machucado.

? Eu estava tomando banho e ele desceu com a criança, com isso aqui tudo inchado. Aí eu perguntei o que aconteceu. Ele não me falou o que aconteceu e eu saí correndo para a rua para pedir ajuda.

Na manhã da última terça-feira (18), a família trouxe o bebê que estava com o rosto muito inchado para o Hospital Getúlio Vargas. Os médicos logo perceberam a gravidade da situação e internaram a criança. Os profissionais também notaram que Caique havia sido espancado.

Luciano confessou as agressões à polícia. Mas em sua defesa, ele diz que levou um susto.

? Eu coloquei ele para dormir e acabei dormindo sentado perto da cama dele. Eu tomei um susto e acabei acertando dois socos nele. Estava cansado demais.

Para o delegado Flávio Loureiro, a justificativa apresentada por Luciano é incompatível com os fatos.

? A versão que ele apresenta ali de um simples soco e no susto não se enquadra em nada do que a gente tem nos autos. Primeiro que, segundo a mãe, ele estava dormindo na cama e a criança em um sofá no mesmo quarto, mas não tão juntos assim a ponto dele se assustar e dar um soco.

A polícia ainda vai investigar se essa foi a primeira vez que o bebê sofreu agressões.

Fonte: r7