Pai que atropelou filhas gêmeas por não aceitar divórcio é preso

Pai que atropelou filhas gêmeas por não aceitar divórcio é preso

Delegada disse acreditar que crime foi premeditado após briga do casal por pensão de R$ 500.

O pedreiro de 30 anos suspeito de ter atropelado as duas filhas gêmeas e a sogra, uma das crianças morreu, foi preso na terça-feira (6) no Rio Grande do Sul. Segundo a Polícia Civil, ele cometeu o crime porque não aceitava o divórcio com a ex-mulher e teriam brigado por conta da pensão de R$ 500.



Fonte: r7