Pai suspeito de espancar a filha é solto em SP

Pai suspeito de espancar a filha é solto em SP

Pai chegou a ser preso; a mãe foi internada em estado de choque

A Justiça libertou, na noite desta quarta-feira (24), o pai da adolescente de 15 anos que morreu durante a madrugada após ser espancada pelo pai em Cafelândia, a 412 km de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, a garota foi agredida porque namorava escondido da família.

Na noite de terça (23), ainda de acordo com a polícia, a mãe da garota a viu com um rapaz em uma praça da cidade. Ao chegar em casa, a jovem apanhou de cinto da mãe. Quando o pai chegou em casa, a adolescente apanhou ainda mais, levando golpes de cinta e chutes; um dos pontapés atingiu sua cabeça. A polícia contou que a mãe da menina tentou impedir a agressão por parte do pai.

Terminada a agressão, a família foi dormir. Os pais acordaram no meio da madrugada e encontraram a jovem no banheiro, tremendo e passando mal. Ela foi levada a um hospital em Lins, também no interior do estado. Por conta do grave estado de saúde, foi transferida para um centro médico em Bauru, onde morreu. O pai foi preso e a mãe teve de ser internada em estado de choque.

O corpo da adolescente foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Bauru. O laudo necroscópico indicou que ela morreu de edema pulmonar, que pode ter sido causado tanto pelas lesões provocadas pela surra quanto pela ingestão de alguma substância. Como no banheiro também foi encontrado uma embalagem vazia de xampu, a polícia passou a trabalhar com a hipótese de suicídio. O frasco foi recolhido para análise.

Fonte: g1, www.g1.com.br