Palhaço é acusado de estuprar dois irmãos de 12 e 13 anos

"Ele ganhou tanta confiança da família", disse o delegado.

A polícia Civil de Blumenau, em Santa Catarina, realiza buscas visando prender um homem identificado como Márcio Ricardo da Silva, de 36 anos, conhecido como o palhaço “Kelvin, o Magnífico”. De acordo com a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), ele é acusado de estuprar dois irmãos, dois menores de 12 e 13 anos.

"Os adolescentes (três irmãos) estavam voltando do colégio. Ele parou o carro, um Fiat Uno antigo de cor prata com uma caixa de som em cima, e os levou até em casa. O suspeito então puxou assunto com a mãe e fez amizade ao ponto de ela ficar com pena e abrigar o sujeito na própria casa", disse o delegado do caso, Henrique Stodieck Neto.

Segundo o delegado,  o palhaço tampava a boca dos jovens para que não houvesse barulho. "Ele ganhou tanta confiança da família que em um determinado momento começou a dormir na mesma cama dos dois irmãos. O mais novo ficava com ela e o marido, enquanto as duas vítimas dormiam com o homem. Foi ali que ele praticou os atos de estupro, tapando a boca dos jovens para que não fizessem barulho durante a noite", acrescentou.

O suspeito já cumpriu pena em regime fechado no presídio de Bluemenau, por atentado violento ao pudor.

 Márcio Ricardo da Silva (Crédito: Reprodução)
Márcio Ricardo da Silva (Crédito: Reprodução)











Fonte: Com informações do G1