Palmeirenses são baleados em briga de torcidas em estação de trem

Durante a briga, um são-paulino efetuou disparos contra os rivais, atingindo um palmeirense no pé e outro na bochecha

Dois torcedores do Palmeiras foram baleados na manhã deste domingo na estação de Guaianazes, na zona leste de São Paulo. Segundo informações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), torcedores do São Paulo e do Palmeiras se encontraram na estação às 6h40 e deram início a um confronto. Durante a briga, um são-paulino efetuou disparos contra os rivais, atingindo um palmeirense no pé e outro na bochecha.

Renato Berto Meira dos Santos, 29 anos, foi encaminhado consciente ao hospital de Ermelino Matarazzo. Segundo o atendimento do centro médico, ele tinha uma perfuração na face provocada por um tiro, mas o ferimento havia sido controlado e a vítima não corria risco de morrer. O outro torcedor ferido foi encaminhado por seguranças da CPTM para outro hospital da região e seu estado de saúde também era estável.

A CPTM não soube informar o paradeiro dos agressores, que se dispersaram logo após os disparos. O caso será registrado na Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom), na Barra Funda, zona leste da capital.

O confronto ocorre, curiosamente, quando nenhuma das duas equipes disputa partida na cidade de São Paulo. O Palmeiras jogou neste sábado pela Série B do Campeonato Brasileiro em Fortaleza, diante da equipe do Ceará, já o São Paulo enfrenta o Botafogo neste domingo, no Maracanã, pela Série A do campeonato nacional.

Fonte: Terra