Pastor é preso suspeito de estuprar neta de 15 anos

A menor, que morava com os avós paternos, foi retirada da cidade

Um pastor evangélico de Inhumas-Goiás, foi preso na manhã de sexta-feira (8) suspeito de estuprar a neta de 15 anos. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Humberto Teófilo, os abusos aconteciam desde 2009. Há 15 dias, a própria vítima  denunciou o avô na delegacia. O delegado informou também que, durante os últimos dias, enquanto estava sendo investigado, o pastor ameaçou algumas testemunhas e chegou a sumir com alguns objetos pessoais e roupas íntimas da neta.

A menor, que morava com os avós paternos, foi retirada da cidade pela mãe e pelo padastro. Segundo o delegado, o pai da menina, que mora em outra cidade, está revoltado com a situação. O delegado informou ainda que a avó da menina defende o marido, afirmando que ele não seria capaz de cometer tal abuso.

A violência foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML) e o acusado pode pegar até 10 anos de prisão.

Ainda de acordo com o delegado, o homem também é suspeito de ter aliciado uma menor de 16 anos. O pastor está detido na delegacia de Inhumas.

Fonte: Portal Meio Norte, www.meionorte.com