Pastor evangélico mata esposa a tiros no Ceará e permanece foragido

A arma usada no assassinato não foi localizada.

Uma mulher de 49 anos foi executada a tiros dentro da própria casa, na manhã da última terça-feira (3), na Rua 541C, na Segunda Etapa do Conjunto Ceará. De acordo com  a Polícia, o crime teria sido passional. O principal suspeito é o marido da vítima, um pastor evangélico que está foragido.

Conforme o sargento Valter Abreu, do 17ºBPM, o suspeito identificado como Francisco Roberval Nunes Moreira, 52, teria cometido o crime por volta das 11h. Porém, o corpo só foi encontrado no fim da tarde, pelo filho do casal.

“Os vizinhos disseram que ouviram um estampido, mas não desconfiaram de nada. Jamais iriam pensar que era um tiro vindo da casa do pastor. A vítima só foi achada quando o filho chegou em casa e estranhou a porta estar trancada. Arrombou e entrou. Foi quando encontrou a mãe morta, caída no chão do quarto, despida, com um ferimento na cabeça”, declarou o sargento.

O filho do casal contou à Polícia que a mãe teria traído o pai, mas eles se reconciliaram. No entanto, ele costumava fazer ameaças de morte à esposa, quando brigavam. “O rapaz disse que já tinha alertado a mãe várias vezes e que temia muito que o pai fizesse alguma coisa assim. Infelizmente, hoje ele chegou a este ponto de cometer uma tragédia”, disse Abreu.

A arma usada no assassinato não foi localizada. Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à pessoa (DHPP) foi deslocada para o local e fará os levantamentos preliminares sobre o caso. O sargento Abreu disse que estão sendo feitas diligências a procura do suspeito e que ele deve ser capturado em breve.


Fonte: Com informações do Diário do Nordeste