Pedófilo de 100 anos pode ser libertado em Nova York

Um promotor é contrário à decisão, por acreditar que ele ainda é uma ameaça às crianças

Foto de 15 de outubro de 2009 de Theodore Sypnier, de 100 anos, considerado o mais velho pedófilo do estado de Nova York. Ele conseguiu liberdade condicional no mês passado e pode ser liberado da casa de repouso onde cumpre pena para voltar a morar sozinho em seu apartamento na cidade de Buffalo.

O promotor Frank Sedita III é contrário à decisão, por acreditar que ele ainda é uma ameaça às crianças, mas as autoridades garantem que ele vai ser "monitorado de perto". Sypnier foi condenado por dois casos de sodomia cometidos na cidade de Tonawanda e também foi considerado suspeito em vários casos ocorridos ao longo de seis décadas.

Fonte: g1, www.g1.com.br